fbpx
Huawei e LG

Os dispositivos da linha Nexus representam o que de melhor a Google entende ser para o seu sistema operativo. São equipamentos que marcam um ponto de suporte no Android e que a empresa lança para agitar o mercado e mostrar o que se pode retirar do seu SO móvel.

Depois de surgirem, no final do ano passado, os Nexus 6 e Nexus 9, rumores dão a entender que em 2015 a Google vai lançar mais dois Nexus, mas de novos fabricantes.

Estes rumores agora surgidos mostram que a Google se poderá estar a preparar para mudar novamente de fornecedor de equipamento, um processo que a empresa realiza com frequência, dando espaço a todos os fabricantes Android de mostrarem as suas capacidades.

Tudo aponta para que no ano de 2015 a Google opte por se associar a fabricantes chineses para a criação dos novos elementos da linha Nexus.

Depois de termos visto surgir o Nexus 6 criado pela Motorola e o Nexus 9 criado pela HTC, diz-se que é hora de novos parceiros entrarem em cena e mostrarem as suas capacidades.

Os nomes que se falam para estes dois novos equipamentos são a LG, que tem já nome nesta linha ao ter lançado o Nexus 4 e o Nexus 5, e a Huawei, esta marca uma estreante neste universo Nexus.

Segundo a informação do site Weibo, a divisão de equipamentos seria feita seguindo a mesma linha de 2014, sendo a LG responsável pela criação de um smartphone e ficando a Huawei com a responsabilidade de criar um tablet.

Não fica de qualquer modo descartada a possibilidade destes papéis se inverterem e a atribuição da criação do smartphone ficar a cargo da Huwei e a LG responsabilizar-se pelo tablet.

Há ainda informação de que a Google se prepara para abandonar os processadores Qualcomm nos próximos telefones e passar a preferir os processadores dos seus fabricantes.

Tanto a LG com o seu processador NUCLUN e a Huawei com o processador Kirin, e mesmo outros chipsets de outros fabricantes conseguem equipar dispositivos com performances e capacidades tão boas como a oferta da Qualcomm.

Está assim aberta a corrida para os novos Nexus. Ainda não existe mais informação do que dois possíveis fabricantes e os processadores a usar. Dados como as dimensões, a memória e outras informações apenas devem surgir muito mais perto das datas de lançamento e sempre na forma de rumores, antes de serem oficializados pela Google.

A escolha destes dois fabricantes mostra bem a posição da Google em relação aos parceiros que escolhe, alternando-os e trazendo para a ribalta as marcas que continuam a apostar forte no Android e na criação de equipamentos de excepção.

info by www.pplware.sapo.pt

Subscrever
Notificar
guest
0 Comentários
Feeback
Ver todos os comentários

Solverwp- WordPress Theme and Plugin